google-site-verification=icrfulVCa1cGyA2LBKHv9vRc4YHADCZpL3o9J_OAUhc
 

Marketing Olfativo no e-commerce: é possível usar?




Você já deve saber que o marketing olfativo é uma estratégia utilizada para gerar reconhecimento e fortalecimento da marca. E também para aumentar vendas de produtos e serviços. Empresas que adotam essa técnica geralmente utilizam aromas para perfumar ambientes de trabalho, como lojas, escritórios, consultórios, hotéis etc. Mas você sabia que além de fazer aromatização em pontos físicos também é possível utilizar "cheirinhos" para vendas pelo e-commerce?


Vendedores do comércio eletrônico estão cada vez mais interessados em utilizar o marketing olfativo. E o motivo é bem simples: mesmo no digital, é preciso buscar diferenciação e oferecer uma experiência mais agradável para o consumidor. E os aromas são uma ótima opção para quem busca oferecer essa experiência. E por que buscar diferenciação no comércio virtual?


O comércio eletrônico foi adotado por milhares de empreendedores varejistas aqui no Brasil, mesmo antes da pandemia. Em 2019 os números já eram significativos e retrataram essa "nova" onda. O faturamento naquele ano foi de R$ 61,9 bilhões, um crescimento de 16,3% em relação a 2018. Os dados são do site Infomoney.


Com as medidas de isolamento social em 2020, adotadas para reduzir o contágio da COVID-19, comerciantes aumentaram sua presença no meio virtual. Com isso, o crescimento foi de 122% o que representa um faturamento de R$ 115,3 bilhões, segundo o site Folha Uol.


E os números não param de crescer. Segundo o site Valor Investe, da Globo, compras online movimentaram R$ 135,1 bilhões de reais no segundo trimestre de 2021. Esse valor representa um aumento de 46,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. É importante lembrar que em 2021 os comércios voltaram - mesmo que gradativamente - a funcionar. O que mostra a força do e-commerce, que continua em alta.


Diante de todos esses números, é mais fácil entendermos o aumento da concorrência no universo digital. O que justifica a busca pelo diferencial por parte de alguns vendedores online. Oferecendo "algo a mais" do que apenas o produto ou serviço, é possível conseguir vantagem competitiva em relação aos concorrentes.



Aromatização no e-commerce


Você deve estar se perguntando se é possível utilizar aromatização no e-commerce. Sim, é possível e vem dando muito certo!


Além da alta concorrência, vendedores digitais estão buscando alternativas à perda da "compra por impulso" dos clientes em relação as lojas físicas. E esse diferencial tem sido um "cheirinho" de um aroma agradável. Esse cheirinho pode ser aplicado diretamente no produto ou na embalagem.


Dessa forma, quando o cliente recebe esse produto, é surpreendido com o perfume, o que configura uma boa experiência com o processo de compra.


Lojas virtuais e marketplaces do vestuário, por exemplo, podem aplicar fragrâncias de renovadores de tecidos direto nas roupas. Outra opção é aplicar uma fragrância de aromatizador na embalagem ou em cartinhas que acompanham os produtos.


Para saber mais informações sobre o uso do marketing olfativo no e-commerce, envie uma mensagem para um consultor da Básico Aroma. É só clicar aqui.

38 visualizações0 comentário